Subscrever-se no SeuPrazer.Net – Fetiches Subscrever-se nos SeuPrazer.Net – Fetiches comentarios

Postagens que tem a tag ‘Contos Eróticos’

A mulher do meu colega de faculdade - parte II

No dia seguinte de manhã era sábado e depois de ter feito a minha corrida na praia dirigi-me à cozinha para beber água. Estava só de calções e todo suado e assim que entro estava a Mirita encostada à bancada a tirar um copo. Não vendo o Simão encostei-me a ela encaixando o volume do meu pau no rego do seu rabo o que a fez dar um salto com o susto. Bom dia Mirita, já acordada? O Simão? Bom dia Nuno! O Simão está a tomar banho. E tu cheio de força pelo que sinto Sim! Esse cu deixa-me doido. Quero come-lo. Tu és doido. Nunca fiz anal na vida. E mesmo que tivesse feito achas que isso alguma vez entra? És virgem? Uiiiiii, então tenho que tratar disso. Nem penses!. E fugiu de mim. Mas eu estava cheio de tesão e disse-lhe que a queria agora e ali.
… Continuar a leitura disso… »

Dando para o Professor.

Bom, me chamo Julia e hoje vou contar um historia antiga. Eu faço Engenharia Cilvil e tinha um professor que era lindo, bem malhado, 1,89m. Só que ele era todo fechado em relação a intimidade com seus alunos, fiquei louca por ele pelo seu jeito tímido e recatado só que tinha que pensar em um jeito de me aproximar dele já que ele não dava nenhuma intimidade aos alunos. Certo dia cheguei e sentei na frente, quando ele chegou logo estranhou que eu sentei ali. Ele ainda fez uma brincadeira comigo, neste dia tinha ido de mini saia e toda vez que ele virava pra explicar eu abria um pouco a perna e a cruzava, comecei a perceber que ele estava perdendo a concentração tanto que estava esquecendo do que ele iria falar. … Continuar a leitura disso… »

Tara de uma mulher casada por um Pau Grande

Esta é uma estória real, com nomes fictícios, aproveito o canal aberto pelo Luís para contar uma de nossas transas, sou casada, 40 anos, loira, sem filhos e estava passando por problemas no casamento; através da Nice (amiga em comum) conheci o Luís e após muito insistência da Nice transei com ele várias vezes.

A Nice falava que tinha transado com um cara que tinha um pau enorme, no início tive fiquei decepcionada com ela, pois apesar de casada já transava com o Luís, amigo do casal, e agora vinha me falar de outro. Eu até então só tinha transado com meu marido e depois de quase estar separada, aconteceu de transar com o Luís.

Ao perceber que me perturbava, a Nice falava cada vez mais do tamanho do pau do Carlos, que ele tem um pau tão grande, que era grosso, que as veias saltavam, pulsando quando estava duro, etc e tal. Eu não acreditava que alguém poderia ter um pau tão grande, deveria ser exagero dela. Num certo dia a Nice para me provar que tinha um pau daquele tamanho, estando só nós duas em casa, ele entrou na Net e num Grupo da MSN, algo tipo para encontros de casais, e entre os álbuns de fotografias, me mostrou uma foto com um cara que tinha um pau enorme, fiquei indignada com ela, mas ela apenas riu e salvou uma cópia da foto em um disquete e me entregou dizendo que era para eu me masturbar quando as coisas estivessem difíceis com meu marido e o Luís não pudesse ajudar; louca da vida mandei ela ir tomar no rabo, ela riu na minha cara e falou que era uma boa idéia, ligando em seguida para o Luís e marcando um encontro.

… Continuar a leitura disso… »

Era empregada hoje sou escrava

Fui trabalhar na casa de um homem que morava sozinho por isso me contratou para trabalhar em sua casa de segunda a sexta como eu morava longe do serviço ele me disse que eu poderia passar a dormir no quarto de empregada.

Depois de duas semanas no emprego percebi algo de estranho no patrão em um certo dia ele se levantou e eu estava terminanado de preperar o café, ele me disse que eu estava atrasada mas era só um pretexto pra ele esbravejar comigo.

Ele saiu para trabalhar e me disse pra cuidar melhor da casa pois ele não estava muito satisfeito com meu serviço pensei em ir embora mas como eu precisava acabei ficando. Nesse dia ele veio almoçar em casa sem avisar e é claro que eu não tinha preparado nada. Foi mais um motivo para a bronca e ele foi muito grosseiro disse que eu era incompetente, que não prestava pra nada.

… Continuar a leitura disso… »

Fodida Pelo Meu Padrasto.

Meu nome é Clara. Sou branquela, tenho cabelos longos, lisos, sedosos e negros e lábios avermelhados. Esta história ocorreu quando eu tinha 1* anos. Nessa época já tinha um corpo bem desenvolvido: alta, nem magra nem gorda, bumbum empinado e seios fartos. Minha mãe, que havia se separado do meu pai, era casada com Enzo, um homem lindo: 35 anos, loiro, olhos verdes claros, alto e com um corpo bem definido, pois fazia musculação.

Em minha casa morávamos apenas nós três: eu, ele e minha mãe.

Apesar da pouca idade, já tinha os hormônios á flor da pele. Vários homens me despertavam interesse, sobretudo Enzo, meu padrasto. Nessa época, descobri o prazer do sexo, chegando até mesmo ao orgasmo, mesmo sendo virgem e sem nunca ter beijado ninguém.

Tinha uma suíte só pra mim, com hidromassagem e uma cama de casal bem alta e grande. Todo dia antes de dormir, me masturbava e viajava em minha imaginação. Me trancava no quarto e ficava completamente nua. Ficava de frente a um grande espelho que eu tinha em meu quarto, admirando meu corpo. Deslizava a mão em meus seios, descendo até a minha bucetinha (que sempre deixava depilada e bem lisinha) e abria bem, para conhecer melhor meu corpo.

… Continuar a leitura disso… »

Como me tornei essa vadia.

Meu nome é Marcia, tenho 35 anos e sou casada com o Paulo há quase 10 anos. Ele foi meu primeiro namorado e meu primeiro e único homem até os acontecimentos que vou relatar pra vocês.

Nunca pensei em trair meu marido, embora tenha que confessar que já tenha sentido atração por outros homens. Mas sempre pensei que seria incapaz de traí-lo.

Tenho uma amiga, na verdade é uma conhecida, daqui do bairro onde moro, chamada Alice, que trabalha na mesma empresa que eu. Ela também é casada e quase sempre voltamos de ônibus juntas do trabalho.

Pois bem, na semana retrasada estava indo ao banheiro e vi Alice sendo puxada pelo Fred, meu chefe, pra dentro do almoxarifado da empresa.

Fiquei super curiosa e não resisti. Abri com cuidado a porta e entrei. Nesse salão tem diversos armários perfilados de forma que num primeiro momento não conseguia vê-los. Caminhei por entre os armários com cuidado e finalmente tive uma visão que me chocou. Alice agachada segurando e chupando o pau do Fred. E o pior é que era um baita cacetão. O maior que eu já tinha visto. Grande e grosso que mal cabia a metade na boquinha dela. Ela mamava feito uma bezerrinha faminta e ele falava que ela era uma putinha vadia.

… Continuar a leitura disso… »