Subscrever-se no SeuPrazer.Net – Fetiches Subscrever-se nos SeuPrazer.Net – Fetiches comentarios

Postagens que tem a tag ‘cinto de castidade’

Castidade masculina forçada - DICAS
  • TEXTO DIRECIONADO ÀS DOMMES

Domme no comando

 

A maioria dos dispositivos de castidade limitam a quantidade de ereção de um homem. Então essa é a primeira grande vantagem de seu uso, essa sensação de não ser capaz de obter totalmente uma ereção cria um grande impacto psicológico no homem. Alguns dispositivos impedem qualquer contato no pênis ou escroto.

CB Genital chamber

Além, disso a maioria dos dispositivos força o homem a urinar sentado, limitando a sua liberdade. E por fim, os homens mencionam os efeito do “lembrete contínuo“, que mantém o pensamento em sua parceira de forma constante, mesmo separados, enquanto usa o cinto de castidade.

Por isso a grande questão envolvendo o dispositivo é fazê-lo sentir os efeitos do uso do cinto. Portanto, use este momento para deixá-lo vulnerável. Para isso, o provoque ao máximo que puder, fale sacanagem enquanto ele lhe faz uma massagem, beija seus pés ou penteia seu cabelo… Faça ele te fazer gozar várias vezes por dia!!!

… Continuar a leitura disso… »

Ex de Lindsay Lohan fica 50 dias sem sexo em reality show

Calum BestO ex-modelo e ex-namorado de Lindsay Lohan, Calum Best, 27 anos, estrela um reality show na MTV britânica em que precisa provar sua resistência física: passar 50 dias sem fazer sexo.

No pôster de divulgação do programa, Best aparece na cama com um cinto de castidade olhando uma mulher de lingerie preta.

Nas gravações de seu 25º dia sem sexo, o ex-modelo foi levado a uma festa na mansão Playboy. Ele foi assediado por uma coelhinha loira, com quem trocou beijos, mas não chegou aos “finalmentes”.

No dia seguinte, Best passou por um detector de mentiras para confirmar mesmo se manteve o celibato.

O primeiro episódio de Totally Calum Best: The Best is Yet To Come foi ao ar neste domingo na MTV britânica.

Fonte: Terra

Frase de escravo trancafiado no CB6000

Pé no cinto de castidade

NÃO SENHORA. NÃO VOU FAZER PORRA NENHUMA!
– esbravejou com orgulho o submisso
trancafiado com o cinto de castidade.

Pedido de um escravo cuckold hard (42 imagens)

Sabe, Senhora,
confessarei tudo que eu sempre acreditei no SM… TUDO, sem exceção…

Hot Wife

Eu confesso que gostaria de ser imobilizado pela Senhora, sem qualquer sinalização do que virá, exposto em minha nudez e sem qualquer aspecto de consensualidade…

… Continuar a leitura disso… »

Relato - minha esposa me obrigou a ser corno

Sempre fui um homem normal, com muito apetite sexual. Bem sucedido profissionalmente sou, já estabilizado financeiramente. Casei com uma mulher maravilhosa.

Eu tenho 27 e Andréia tem 28 anos. Sempre muito quente nunca negou fogo, sempre tesuda e pronta para o sexo. bem, mas os anos passam (seis para ser exato) e pesam.e foi por isso que me tornei especialista no assunto do título.mas vamos aos fatos…

No inicio de relação eu sempre satisfazia Andréia muito bem, mas com o passar do tempo ela começou a falar que nossas transas estavam repetitivas e que precisava de algo diferente.

Ela com seu sorriso de menina e corpaço de mulher debochava de mim dizendo:

– Amor, você não consegue mais dar conta de mim? Vamos ter que arrumar alguém pra fazer o serviço.

E hoje, com mais de cinco anos de casado ficou difícil de satisfazer a minha esposa, e ela começou a dizer que eu não a satisfazia mais e que ela já não conseguia chegar mais ao orgasmo fazia um tempo e que precisávamos arrumar uma solução para isso.

Assim como as mulheres de sua família, Andréia é exagerada: pra rir, pra transar; tem duas irmãs: Cláudia, 32, baladeira convicta e Patrícia, 36, casada. Ela por ser caçula sempre teve todos os mimos, e confidenciava com as irmãs sobre suas/minhas dificuldades, as quais freqüentemente eu escutava, Patrícia, mais experiente dizia que Andréia devia seguir seu exemplo: casada com Alfredo, dominava a relação corneando o pobre de todo jeito, aliás, só o chamava nas conversas de corno, meu corninho, que homem que não dá no couro tem mesmo é que ser touro, e por aí vai.

… Continuar a leitura disso… »

Como eu transformei meu MARIDO em CORNO

Eu descobri sites como este na internet há cerca de cinco anos atrás e, desde lá, tenho aprendido muito sobre como transformar verdadeiros maridos machões e dominadores em maridos cornos e submissos.

Posso afirmar que meu casamento e minha vida sexual mudaram muito depois que adestrei meu marido.  Então, eu finalmente decidi expor aqui minhas experiências obtidas ao lado de meu marido, com a qual sou casada há sete anos.

Com o passar do tempo, raramente me via satisfeita com o pênis do Peter e ele raramente estimulava-me oralmente, uma das únicas maneiras em que eu obtinha orgasmos com ele.

Eu vivia frustrada, masturbava-me regularmente e estava louca para arrumar um amante e eu comecei a procurar sobre técnicas de dominar o marido e, enfim, transformá-lo em um corno de verdade.  Desde essa época eu adquiri um grande número de cintos de castidade, mas atualmente uso nele mais os modelos CB 2000 e CB 300, pois são feitos de plástico, permitem a ele fazer uma higiene prática, não dói, não são detectados nos aeroportos e permitem que o Peter os use mesmo durante suas viagens de negócio ou no trabalho. Eu comprei os cintos CB 2000 e CB 300 no site:

http://www.cb-2000.com/home.html

Minhas regras básicas são simples: Peter será apenas libertado de seu cinto de castidade após lamber minha vagina 75 vezes, mesmo que ela esteja encharcada com o leitinho de outro homem.  Isso garante que ele permaneça “preso” por um período entre cinco a seis meses, dependendo da minha vontade. Quanto mais obediente ele for, mais rapidamente ele será “libertado da castidade”, mesmo que por breves momentos.

Há algumas outras regras básicas, como:

… Continuar a leitura disso… »